JEJUM: RENOVAÇÃO DAS CÉLULAS-TRONCO

“O jejum tem muitos efeitos no intestino, que incluem a regeneração, bem como potenciais usos em qualquer tipo de doença que colide com o intestino, como infecções ou cânceres”


Pesquisadores descobriram que o jejum melhora drasticamente a capacidade das células-tronco de se regenerarem, tanto em camundongos jovens como idosos.

À medida que as pessoas envelhecem, suas células-tronco intestinais começam a perder sua capacidade de se regenerar. Estas células são a fonte de todas as novas células intestinais, este declínio pode tornar mais difícil a recuperação de INFECÇÕES GASTROINTESTINAIS OU OUTRAS CONDIÇÕES QUE AFETAM O INTESTINO.

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Em jejum, as células começam a quebrar os ácidos graxos em vez de glicose, uma mudança que estimula as células-tronco a se tornarem mais regenerativas. 



TAL INTERVENÇÃO PODERIA AJUDAR OS IDOSOS A SE RECUPERAR DE INFECÇÕES GASTROINTESTINAIS OU PACIENTES COM CÂNCER SUBMETIDOS À QUIMIOTERAPIA, DIZEM OS PESQUISADORES. 




“O jejum tem muitos efeitos no intestino, que incluem a regeneração, bem como potenciais usos em qualquer tipo de doença que colide com o intestino, como infecções ou cânceres”, diz Omer Yilmaz, professor assistente de biologia do MIT, membro de o Instituto Koch para Pesquisa Integrativa sobre o Câncer e um dos principais autores do estudo. “Entender como o jejum melhora a saúde geral, incluindo o papel das células-tronco adultas na regeneração intestinal, no reparo e no envelhecimento, é um interesse fundamental do meu laboratório.” 



“Este estudo forneceu evidências de que o jejum induz uma mudança metabólica nas células-tronco intestinais, da utilização de carboidratos para a queima de gordura”. 




O direcionamento farmacológico desta via pode fornecer uma oportunidade terapêutica para melhorar a homeostase em patologias associadas à idade. ”

Traduzido e adaptado por Flávia Trajano





Criadora da Fan Page e administradora do grupo : JEJUM INTERMITENTE SEM MITOS


FONTE: CLIQUE AQUI


//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js “>LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLEm jejum, as células começam a quebrar os ácidos graxos em vez de glicose, uma mudança que estimula as células-tronco a se tornarem mais regenerativas. 

TAL INTERVENÇÃO PODERIA AJUDAR OS IDOSOS A SE RECUPERAR DE INFECÇÕES GASTROINTESTINAIS OU PACIENTES COM CÂNCER SUBMETIDOS À QUIMIOTERAPIA, DIZEM OS PESQUISADORES. 



“O jejum tem muitos efeitos no intestino, que incluem a regeneração, bem como potenciais usos em qualquer tipo de doença que colide com o intestino, como infecções ou cânceres”, diz Omer Yilmaz, professor assistente de biologia do MIT, membro de o Instituto Koch para Pesquisa Integrativa sobre o Câncer e um dos principais autores do estudo. 

“Entender como o jejum melhora a saúde geral, incluindo o papel das células-tronco adultas na regeneração intestinal, no reparo e no envelhecimento, é um interesse fundamental do meu laboratório.” 


“Este estudo forneceu evidências de que o jejum induz uma mudança metabólica nas células-tronco intestinais, da utilização de carboidratos para a queima de gordura”. 


O direcionamento farmacológico desta via pode fornecer uma oportunidade terapêutica para melhorar a homeostase em patologias associadas à idade. ”

Traduzido e adaptado por Flávia Trajano



Criadora da Fan Page e administradora do grupo : JEJUM INTERMITENTE SEM MITOS



Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.