O JEJUM DIMINUI OS NÍVEIS DE FOME

ESTUDO CLÍNICO RANDOMIZADO EM HUMANOS:


Em conclusão, 5 semanas de jejum de 18 HORAS melhoraram marcadores de:


níveis de insulina;
sensibilidade à insulina;
pressão arterial e
níveis de estresse em homens com pré-diabetes –


Nosso julgamento foi o primeiro estudo controlado randomizado para mostrar que O JEJUM TEM BENEFÍCIOS INDEPENDENTES DA INGESTÃO DE ALIMENTOS E PERDA DE PESO EM HUMANOS.

VOCÊ PODE APRENDER AQUI – GUIA PARA INICIANTES –

Nosso estudo também foi o primeiro ensaio clínico para testar que esse protocolo de jejum (18 horas de jejum, última refeição às 15:00 H) funciona em humanos e para mostrar que ele melhora alguns aspectos de saúde cardiometabólica.


Homens com pré-diabetes – uma população com grande risco de desenvolver diabetes – indica-se que é uma estratégia eficaz para tratar e provavelmente também pré-hipertensão.

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Nós especulamos que  em virtude de combinar o jejum intermitente diário e comer em alinhamento com os ritmos circadianos no metabolismo provam ser uma forma particularmente eficaz de JEJUM INTERMITENTE.


Traduzido e adaptado por Flávia Trajano
Criadora da Fan Page e administradora do grupo : JEJUM INTERMITENTE SEM MITOS

3 comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.